O QUE É LOUCURA?

A loucura ou psicose como é chamada tecnicamente é quando a se perde ou diminui de forma importante o contato com a realidade, ou seja os conteúdos da mente prevalecem sobre a capacidade de incorporar a realidade. 
As principais características de uma pessoa “louca” são as alterações de pensamento (delírios) {ela cria novas realidades, como dizer que é Napoleão, ou mesmo Deus}, de percepção (alucinações auditivas e visuais) {ouve ou vê coisas que não existem}, afetivas (ansiedade exagerada, embotamento afetivo etc) e manias. 
A loucura é sempre muito impressionante, pois normalmente não entendemos o que está acontecendo, o comportamento da pessoa não tem uma lógica, mas nem sempre isto é sinal de gravidade. 
Quando se conhece bem a mente da pessoa todas as suas atitudes podem ser compreendidas, existe uma lógica intrínseca da loucura. 
Evidentemente não existem apenas casos graves de loucura, todos nós carregamos um pouco de loucura, são as nossas cismas, as nossas manias, as nossas paranoias. 
Se elas atrapalham a nossa vida de maneira importante, prejudicando o nosso rendimento profissional e a nossa capacidade de se relacionar, merecemos o rótulo de louco e devemos nos tratar. 
Se elas não atrapalham nossa vida de forma efetiva, classificamo-nos como neuróticos ou apenas de esquisitos e tocamos a vida.
Se você ficou preocupado, descubra se a loucura tem tratamento.

LOUCURA TEM CURA?

TEM SIM SENHOR!!!!

A maioria das “loucuras” são desencadeadas por estados emocionais alterados os quais a pessoa não sabe lidar e por isto como por um estado de auto defesa se afasta da realidade. 
A medida que se medica a pessoa para que ela saia deste estado emocional alterado e se faça uma psicoterapia, no sentido de ensina-la a lidar com as suas dificuldades ele pode não só sair da “loucura”, como pode levar uma vida perfeitamente normal. 
Em alguns casos o problema é mais grave e embora a pessoa possa sair da “loucura”, ficara com uma certa deficiência em seu comportamento e precisara usar a medicação para o resto da vida.